Homeopatia medicina do século XXI

(Totalmente comprovada cientificamente, a homeopatia pode contribuir em muito para o alívio e cura de diversos males inclusive em pacientes hospitalizados e até em UTI)

O Brasil é um país emergente e sua medicina tende também a evoluir e despontar mundialmente. Se dermos uma olhadela na história da humanidade, vamos perceber que todo o movimento de progresso em direção ao bem comum, foi precedido de muita luta e oposição, e não foi diferente com a conquista da liberdade e da democracia.

 

Giordano Bruno - 1548-1600, teólogo e astrônomo, foi queimado na fogueira da inquisição romana, por ser contra a teoria geocêntrica (de que a Terra seria o centro do Universo) e por enunciar a infinitude do universo.

Os automóveis concebidos para emissão zero, já estão projetados há décadas, mas só agora quando o planeta começa a se tornar insuportável é que eles iniciam sua possibilidade de entrada nas linhas de montagem.

A agricultura nos EUA, desde 1956 é realizada de modo sustentável, lá o agricultor só é autorizado a plantar a cultura, (tipo de plantação) adequada ao tipo de solo, clima, altitude e etc., com enorme economia de insumos, (adubos, agrotóxicos, etc.) e maior qualidade do alimento produzido. Ao tentar implantar este mesmo sistema no Paraná, há 20 anos o então Superintende da Embrapa, teve seu cargo sumariamente dissolvido, sabidamente por influência de multinacional produtora de agrotóxicos, medicamentos veterinários e também para seres humanos, com objetivo de proteger seus enormes lucros no Brasil, deixando de lado algo muito importante: a nossa saúde.

Nosso país é líder em câncer da glândula supra-renal em crianças, entre outras graves enfermidades, pelo uso abusivo e indiscriminado de agrotóxicos, muitos deles já banidos na maioria dos países.

A trajetória da medicina homeopática, esse maravilhoso legado deixado pelo genial médico alemão Samuel Hahnemann, não tem sido diferente. A homeopatia foi desenvolvida há 200 anos, e tem sido combatida por todo este tempo.Constantine Hering médico alemão, que viveu entre 1800 e 1880, foi incumbido de trabalhar para acabar com a homeopatia, sofria de uma úlcera, até então incurável pela medicina da época, que foi curada pelo tratamento homeopático, C. Hering mudou de rumo e tornou-se um dos maiores homeopatas até o momento.

Quem agride a homeopatia, o faz por ignorá-la, ou por motivos não tão nobres, como por exemplo, a manutenção inescrupulosa de seus lucros.

Um grande " efeito colateral" da homeopatia é o de causar muita saúde no paciente, diminuindo francamente a necessidade do uso de antibióticos, antiinflamatórios, anti-hipertensivos e outros " anti" que a medicina alopática utiliza. Os pacientes tratados com a homeopatia clássica, tem em média menor incidência de câncer, e de outras enfermidades graves, poupando-se inúmeras vidas, além de grande economia gerada.

São vendidos no Brasil 8 bilhões de dólares anuais de agrotóxicos (J. Le Monde), e mais de 19 bilhões de dólares em medicamentos. Somente uma das inúmeras multinacionais do ramo, vende 100 bilhões de dólares anuais em medicamentos no mundo.

A homeopatia é reconhecida como especialidade médica no Brasil, e exatamente por isto vem se desenvolvendo, chegando até a exportar essa tecnologia.No Brasil e em vários países a homeopatia está nas universidades e é bastante comprovada cientificamente. Existem inúmeros trabalhos rigorosamente científicos mostrando a potente ação da homeopatia. Trabalhos em laboratório, controlados e realizados dentro de metodologia usual e atual, demonstraram a grande eficácia da homeopatia no controle do câncer, HIV, e diversas outras moléstias ( Os médicos homeopatas associam a homeopatia ao tratamento convencional contra câncer, aumentando em muito os índices de remissão deste mal). A homeopatia é bastante útil como já comprovamos, associada á alopatia, em hospitais e em UTI, em pacientes graves, aumentado em até 30 por cento a alta melhorada.

Estudos de pesquisa no Brasil, com as células de defesa chamadas macrófagos, demonstraram por microfotografia e microfilmagem eletrônicas que seu tamanho e ação foram muito aumentados pelo tratamento com homeopatia. Esses trabalhos científicos foram publicados em revistas técnicas indexadas, e usados em defesa da homeopatia internacionalmente.

Para que um medicamento homeopático entre para o rol de medicamentos ou para o repertório homeopático, ele é antes experimentado de modo extremamente cuidadoso, dentro de regras, e leis de confiabilidade estatística, através de método duplo-cego e etc.

A homeopatia é pujante em alguns países como por exemplo, a Inglaterra,onde existem hospitais homeopáticos, e reis, rainhas e príncipes são por ela tratados, sendo que é de lá que tem surgido ferrenho combate contra este modo de curar. Existem vídeos na internet, muito bem editados, falados em inglês britânico, feitos com único propósito de ridicularizar esta nobre arte médica. Foi também na Grã-Bretanha que ocorreu uma ação localizada no parlamento, atacando a homeopatia. Em sequência, a partir deste ato, surge esta atual agressão á homeopatia através dos ditos " céticos" com pouca representatividade, mas com uma repercussão na mídia desproporcional a sua importância.

Vulgarizar a homeopatia é outra maneira de destruí-la, e é o que vem fazendo a Universidade de Viçosa em Minas Gerais, que a despeito de processos judiciais até agora infrutíferos, vem oferecendo vergonhosamente a medicina homeopática para o ensino de leigos, o que trará além da desmoralização da homeopatia, incontáveis danos para a população, pois o medicamento homeopático não é em nada inócuo, mas extremamente potente e se indicado de forma equivocada e continuada, é causador de danos potencialmente graves.

Assim como o são as pirâmides do Egito, a homeopatia hahnemaniana é uma ciência muito bem construída, que perpassará os tempos, resistirá e continuará a florescer. As perdas conseqüentes de seu combate inescrupuloso serão para o presente, para o homem atual, que perderá em muito, em saúde física, psicológica, social e inclusive anímica por sua carência.

A grande passeata a ser realizada deveria ser a dos milhões de pessoas já curadas e aliviadas por esta linda medicina, em prol de seu maior crescimento e universalização.

Fonte: CFM